Inovação, território, e arranjos cooperativos

Experiências de geração de inovação no Brasil e na França

Sonia Maria Karam Guimarães et Bernard Pecqueur (dir.)
Brésil / France | Brasil / França

Présentation

O livro reúne capítulos que abordam questões sobre a nova configuração econômico-social em que se destaca a importância econômica do conhecimento como fonte principal para a criação de riqueza, em substituição ao capital físico e/ou recursos naturais, determinantes para a organização da produção até o século XX.

Além de considerações conceituais, os capítulos que compõem a obra discutem resultados de pesquisas realizadas por equipes de pesquisadores em Grenoble (Université Joseph Fourier, Grenoble 1 e Université Pierre Mendès France, Grenoble 2), França, e no Rio Grande do Sul (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), Brasil, abordando tópicos que, em termos mais gerais, referem-se ao debate sobre interação entre ciência, tecnologia, inovação e desenvolvimento local e regional. Examinamse, portanto, realidades socioculturais bastante distintas tanto em termos econômicos como históricos. 

O objetivo foi o de conhecer as estratégias de cada sociedade, com recursos desiguais, frente a mudanças econômicas significativas.

Sommaire

Sônia Maria Karam Guimarães et Bernard Pecqueur
Apresentação

Primeira parte. Território e inovação

Laura Sabbado da Rosa
Polo de competitividade e parcerias de inovação

O ponto de vista das pequenas e médias empresas (PME) do Vale do Arve

Segunda parte. Conhecimento, universidade e inovação

Cinara Lerrer Rosenfield et Marilis Lemos de Almeida
Modelos de incubação e processos de interação em universidades no Brasil

Terceira parte. Políticas públicas de inovação e desenvolvimento tecnológico

Claude Courlet et Bernard Pecqueur
Pode-se falar de uma experiência marshalliana a respeito da política de apoio à inovação na França?

O exemplo dos polos de competitividade

Gabriela Dias Blanco et Sônia Maria Karam Guimarães
Empresas inovadoras, cultura regional e agentes sociais hábeis
Sônia Maria Karam Guimarães et Bernard Pecqueur
Considerações finais