Version classiqueVersion mobile
OpenEdition Books

Palavras em imagens

 | 
Carlos Fausto
, 
Carlo Severi

Percepção e relação

A expressão do complexo bovino pelos Mursi (Etiópia)

Jean-Baptiste Eczet
Traduction de Patrícia Rodrigues Costa et Germana Henriques Pereira de Sousa

Résumé

O termo complexo bovino (cattle complex) refere-se à imbricação das vidas humanas e bovinas entre os pastores nilotas da África Oriental. A relação homem-animal foi analisada seja por meio das limitações das produções pastoris (e do simbolismo associado como um algo a mais), seja como um sistema simbólico coerente (embora próximo à obsessão). A expressão poética foi assim tratada como uma estética gratuita ou como a ênfase de uma crença fetichista. Neste artigo, meu interesse está ligado aos elementos da linguagem dos Mursi que se referem à criação do gado, para justificar por outro meio a onipresença bovina. Após ter mencionado que os postulados da identidade pessoal mursi se fundamentam na tríade humanos-bovinos-cores, apresento três registros de fala onde estão presentes as identidades das pessoas: os nomes próprios, os poemas e os discursos relatando a atividade da região. De fato, segundo os contextos interacionais, diferentes registros de comunicação são usados, nos quais o gado é acionado como mediação servindo para definir as pessoas.

Note de l’éditeur

Revisão técnica: Messias Basques
Traduzido do francês por Patrícia Rodrigues Costa e Germana Henriques Pereira de Sousa

Les formats HTML, PDF et ePub de cet ouvrage sont accessibles aux usagers des bibliothèques et institutions qui l'ont acquis dans le cadre de l'offre OpenEdition Freemium for Books. L'ouvrage pourra également être acheté sur les sites de nos libraires partenaires, aux formats PDF et ePub. Si l’édition papier est disponible, des liens vers les librairies sont également proposés sur cette page.

Extrait du texte

Os Nuer e o gado são, conforme Edward E. Evans-Pritchard, parasitas recíprocos (1978: 45), pois “seu relacionamento simbiótico é de íntimo contato físico” (:50). Para aqueles que não desejam inserir o gado em sua pesquisa, essa relação é problemática, e foi por ter se irritado com os cuidados e a admiração dos homens com e por seus animais que Evans-Pritchard faz, contudo, a seguinte afirmação:

Algumas vezes eu me desesperava porque jamais discutia qualquer coisa com os jovens que não fosse gado e moças, e mesmo o assunto moças levava inevitavelmente ao assunto gado. Qualquer assunto que começasse, e de qualquer ângulo que o abordasse, logo estaríamos falando de vacas e bois, vitelas e novilhos, carneiros e ovelhas, bodes e cabras, bezerros e ovelhas e cabritos. Já mencionei que esta obsessão […] deve-se não somente ao grande valor econômico do gado, mas também ao fato de que ele constitui o vínculo de numerosos relacionamentos sociais. Os Nuer têm tendências para definir todos os pr...

Auteur

Post-doctorant Fondation Fyssen/Museu Nacional, Rio de Janeiro
Patrícia Rodrigues Costa (Traducteur)
Germana Henriques Pereira de Sousa (Traducteur)

Acheter

Volume papier

i6doc.comamazon.fr