Version classiqueVersion mobile

Enfrentando os limites do crescimento

 | 
Philippe Léna

Os autores

Texte intégral

1Alain Gras – Socioantropólogo das técnicas, professor emérito da Universidade de Paris I, fundador do Centro de Estudos das Técnicas, dos Conhecimentos e das Práticas (Cetcopra), na ufr de Filosofia da Sorbonne. Autor, entre outros livros, de Fragilité de la puissance Se libérer de l'emprise technologique, Fayard, 2004 e Le choix du feu Aux origines de la crise climatique, Fayard, 2008. E-mail: gras@univ-parist.fr

2Alan Boccato-Franco – Formado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de São Carlos, é especialista em Programa Nacional de Reforma Agrária e Assentamentos pela Universidade Federal de Lavras. É servidor do Ministério do Meio Ambiente, onde atua com políticas para viabilizar as atividades produtivas dos Povos e Comunidades Tradicionais que vivem nas florestas brasileiras. Atualmente está cursando mestrado no Programa de Pósgraduação em Desenvolvimento Sustentável, no Centro de Desenvolvimento Sustentável-cds da Universidade de Brasília – UnB, onde está desenvolvendo dissertação a respeito do decrescimento. E-mail: alanboccato@gmail.com

3Andrei Cechin – Doutorando em Administração na Universidade de Wageningen na Holanda e bolsista da fundação Wotro no projeto “Coops and Chains: linking smallholders to agricultural markets”. É mestre em Ciência Ambiental e economia pela usp. É autor do livro A natureza como limite da economia: a contribuição de Nicholas Georgescu-Roegen (Edusp, 2010). E-mail: andrei.cechin@wur.nl

4Angélique del Rey – Professora de filosofia. Último livro publicado: À l'école des compétences. De l'éducation à la fabrique de l'élève performant (La Découverte, 2010). Com Miguel Benasayag: Éloge du conflit (La Découverte, 2007). E-mail: adelrey@wanadoo.fr

5Clóvis Cavalcanti – Economista pela Universidade Federal de Pernambuco (1963) e mestrado na Universidade de Yale (1965). Professor da ufpe, 1965-2010. Pesquisador da Fundação Joaquim Nabuco desde 1972. Professor visitante da Universidade de Oxford e outras. Autor de uma dezena de livros e de uma centena de artigos científicos. Presidente de Honra da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (EcoEco). E-mail: clovati@fundaj.gov.br

6Eduardo Gudynas – Secretário executivo do Centro Latino Americano de Ecologia Social (claes) e pesquisador do D3E (Desarrollo, Economia, Ecologia, Equidad América Latina), Montevideu, Uruguay. Membro do ipcc desde 2010. Realizou trabalhos de consultoria para várias agências internacionais: gtz; Agencia Espanola de Cooperación Internacional; Bank Information Center (bic) en Washington; pnud; Action Aid; Oxfam. Professor visitante em várias universidades latino-americanas, eua e Áustria. Publicou, entre outros livros, El mandato ecológico (AbyaYala, Quito, 2009), Vendiendo la Naturaleza. Impactos ambiental del comercio internacional en América Latina (umsa-gtz-claes, La Paz, 1996). E-mail: egudynas@ambiental.net

7Elimar Pinheiro do Nascimento – Sociólogo, professor associado do Centro de Desenvolvimento Sustentável (UnB), onde foi diretor (2007-2011). Atualmente é membro do comité científico do Institut International de Recherches Politique de Civilisation (iirpc). Publicou alguns artigos em revistas nacionais e internacionais, e capítulos de livros, sobre os dilemas do desenvolvimento sustentável. E-mail: elimarcds@gmail.com

8Ernest Garcia – Professor do Departamento de Sociologia e antropologia social da Universidade de Valência (Espanha). Foi Decano da Faculdade de Ciências Sociais e realiza pesquisas sobre mudança social e sociologia écológica. Autor de Medio ambiente y sociedad: La civilización industrial y los limites del planeta. Madrid, Alianza (2004). E-mail: ernest.garcia@uv.es

9Fabrice Flipo – Professor de filosofia no Institut Télécom de Paris – Langues et Sciences Humaines de Paris (França). Publicou em 2007 Justice, nature et liberté. Les enjeux de la crise écologique (Lyon, Parangon) e, com D. Bayon e F. Schneider, La décroissance. 10 questions pour comprendre et en débattre (La Découverte, 2010). E-mail: fabrice.flipo@no-log.org

10François Chesnais – Economista, professor associado da Universidade de Paris xiii, conselheiro científico de attac. Co-redator da revista marxista independente Carré rouge. Último livro publicado: Les dettes illégitimes Quand les banques font main basse sur les politiques publiques (Paris, Éd. Raisons d’Agir, 2011). E-mail: chesnaisf@free.fr

11Gilbert Rist – Professor do Institut de hautes études internationales et du développement – Genebra. Autor, entre outros, dos livros Le développement: histoire d'une croyance occidentale (Presses de Sciences Po, Paris, 1996) e L’économie ordinaire entre songes et mensonges (Presses de Sciences Po, Paris, 2010). E-mail: Gilbert.Rist@infomaniak.ch

12Gisella Colares Gomes Economista pela Universidade Federal do Ceará, doutoranda do Centro de Desenvolvimento Sustentável da Universidade de Brasília. Tecnologista em informações geográficas e estatísticas da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, tem interesse pelas temáticas mudança de paradigma nas ciências econômicas e economia ecológica. E-mail: gisella.colares@gmail.com

13Hervé Kempf – Jornalista. Colunista do jornal Le Monde, especialista das questões ambientais. Autor de vários livros. Dois estão disponíveis em portugês: Como os ricos destroem o planeta (Globo) e Para salvar o planeta, livrem-se do capitalismo (Livre). E-mail: kempfherve@hotmail.com

14Igor S. H. de Carvalho – Biólogo e Mestre em Política e Gestão Ambiental pela Universidade de Brasília, doutorando no programa Ambiente e Sociedade da Universidade de Campinas. Trabalha com Agroecologia e Agroextrativismo, especialmente com comunidades rurais do bioma Cerrado. Já atuou em organizações como o Instituto Sociedade, População e Natureza (ispn) e o Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas (caa-nm). Atualmente é bolsista de doutorado da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). E-mail: igorshc@yahoo.com

15Jean-Claude Besson-Girard – Escritor, pintor, fundador e diretor da revista Entropia-Revue d’étude théorique et politique de la décroissance (Parangon/Vs). No tema, publicou em 2005 o livro Decrescendo cantabile (Parangon). E-mail: jeanclaude.bessongirard@sfr.fr

16Jean-Marc Salmon – Pesquisador em Ciências Sociais associado ao grupo etos, ensina no Institut Télécom, Évry, France. Coordenou o programa de pesquisa do Ministério francês de ecologia sobre mudanças climáticas e suas políticas de 1993 a 2005. Antigo diretor do Bureau du Livre Français de New York. Uma de suas obras foi traduzida para o português: Um mundo em velocidade (Un monde à grande vitesse, Seuil). E-mail: jmsalmon@gmail.com

17Joan Martínez-Alier – Professor de economia e história económica da Universidade Autônoma de Barcelona. Membro fundador da Sociedade Internacional de Economia Ecológica (isee) e da revista Ecological Economics. Diretor da revista Ecologia Política. Publicou o livro pioneiro Ecologia i l'economia em 1984, que se tornou um clássico da crítica ecológica à ciência económica. Com Inge Ropke, publicou em 2008 os 2 volumes de Recent Developments in Ecological Economics (Edward Egar pub.).Defende a noção de dívida ecológica. E-mail: Joan.Martinez.Alier@uab.cat

18José Eli da Veiga – Professor dos programas de pós-graduação do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo (iri/usp) e do Instituto de Pesquisas Ecológicas (ipê). É colaborador permanente das colunas de opinião do jornal Valor Económico e da revista Página 22 e autor de vinte livros, entre os quais Sustentabilidade A legitimação de um novo valor (Ed. Senac, 2011). Website: http//:www.zeeli.pro.br

19Liz-Rejane Issberner – Pesquisadora titular do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, ibict/mct e Professora no ppgci, convênio ibict com a Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atua na área de informação e desenvolvimento socioambiental. E-mail: lirismail@gmail.com

20Maria Amélia Enríquez – Economista, doutora em desenvolvimento sustentável pelo Centro de Desenvolvimento Sustentável (cds/UnB). Professora da Universidade da Amazônia (Unama) e da Universidade Federal do Pará (UFPa). Ex-presidente da Sociedade Brasileira de Economia Ecológica (ecoeco- www.ecoeco.org.br). Membro científico do International Panei for Sustainable Resource Management (Resource Panei – irp) do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (unep). E-mail: mameliaenriquez@gmail.com

21Mauro Bonaiuti – Fundador e animador da Associação para o Decrescimento na Itália. Há publicado La teoria bioeconomica, Carocci (2001); uma coletânea de textos de N. Georgescu-Roegen, Bioeconomia, Verso unaltra economia ecologicamente e socialmente sostenibile. Bollati Boringhieri (2003) e o volume Obiettivo decrescita,emi (2004). Recentemente organizou o volume: From Bioeconomics to Degrowth, Routldge, London New-York, 2011. Ensinou nas Universidades de Bologna, Modena e Torino. E-mail: mauro.bonaiuti@unibo.it

22Michael Löwy – Sociólogo e filósofo franco-brasileiro. Directeur de Recherche emérito do CNRS, professor da École des Hautes Études en Sciences Sociales (ehess-Paris). Coautor do Manifesto Ecosocialista Internacional (com Joel Kovel). Autor de vários livros sobre o pensamento marxista traduzidos em português.

23Miguel Benasayag – Filósofo, epistemólogo e psicanalista. Professor visitante na Universidade de Lille 3. Coordena os laboratorios sociales na Argentina. Últimos livros publicados: Organismes et artefacts (La Découverte, 2010) e, com Angélique del rey, De l'engagement dans une époque obscure (Le passager clandestin, 2011).

24Onofrio Romano – Ensina Socialização, culturas e marginalidade na Faculdade de Ciências Politicas da Universidade de Bari “Aldo Moro” e integra o conselho dos docentes do doutorato em Filosofias e teorias sociais contemporâneas. É autor de numerosos ensaios sobre as culturas pós-modernas e as sociedades mediterrâneas. Entre suas obras recentes, ver A comunhao reversiva (Carocci, 2008). E-mail: o.romano@scienzepolitiche.uniba.it

25Philippe Léna – Geógrafo e sociólogo, Directeur de Recherche do ird (França). Foi pesquisador visitante no inpa, mpeg e ufrj, ex-presidente do iag (International Advisory Group-mma/PPG7/Banco Mundial). Coordenou, no ird, uma Unidade de Pesquisa dedicada à Amazônia. Último livro no Brasil (com Roberto Araujo Santos): Desenvolvimento sustentável e sociedades na Amazônia (mpeg, Belém, 2010). E-mail: philippe.lena@sfr.fr

26Santiago Vilanova – Jornalista, escritor e consultor ambiental. Co-fundador do partido ecologista Els Verds-Alternativa Verda, que faz parte da coalizão independentista Solidaridad Catalana. É presidente da associação Una Sola Terra. Foi diretor do Diario de Barcelona (1983-84) e muitas vezes candidato ecologista nas eleições para o Parlamento Catalã, Espanhol e Europeu. Apoia desde o início o movimento a favor do decrescimento na Catalunia, cujos encontros foram reunidos no ensaio Decreixement per salvar la Terra. En 1981 publicou a tese L'econacionalisme. Una alternativa catalana dins una Europa ecolὸgica onde defende o conceito de bionação, que vincula os movimentos de liberação nacional com a economia da Natureza. E-mail: vilanova.santiago@hotmail.com

27Serge Latouche – Economista, Professor emérito da Universidade Paris-Sud. É diretor do Groupe de recherche en anthropologie, épistémologie et économie de la pauvreté (graeep). Crítico histórico do modelo económico dominante, é membro do Mauss e da Associação La ligne d’Horizon. É um dos principais defensores e teóricos do decrescimento. Publicou numerosos livros, alguns foram traduzidos em portugês, em particular o Pequeno tratado do decrescimento sereno (São Paulo, Martins Fontes, 2009).

28Vincenzo Lauriola – Sócio-economista ecológico italo-brasileiro. Pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (Inpa/mcti). Foi Coordenador do Inpa em Roraima, pesquisador visitante (Fapesp) junto ao Nepam/Unicamp, assessor da Funai, bolsista de pesquisa no ird (França), assessor socioambiental junto ao movimento indígena na Amazônia. Atuou na Terra Indígena Raposa Serra do Sol com ênfase em conflitos socioambientais, bens comuns e sustentabilidade. E-mail: enzo@inpa.gov.br

© IRD Éditions, 2012

Conditions d’utilisation : http://www.openedition.org/6540

Cette publication numérique est issue d’un traitement automatique par reconnaissance optique de caractères.

Acheter

Rechercher dans OpenEdition Search

Vous allez être redirigé vers OpenEdition Search