Version classiqueVersion mobile

Obra etnográfica (I)

 | 
Adolfo Coelho

I. Literatura popular

Variedades1

Texte intégral

1. Uma lenda de Salomão

  • 1 Originalmente publicado na Revista de Etnologia e Glotologia, 1880, vol. i, pp. 207-208.

1«O sábio Salomão era tão sábio que quando ia observar os astros subia a uma folha de papel para melhor os ver. Um dia a mãe de Salomão tirou-lhe o papel sem ele dar por isso e quando ele foi ao sítio observar os astros disse: Ou o céu subiu ou a terra desceu.» (Contado por uma mulher de Torres Vedras.)

2. Para a simbólica do direito. Medida de tempo

2«E porque alguns senhores das Casas de Araújo e da de Lobeos em Galiza, depois que se passaram ao serviço dos nossos reis, viviam neste concelho (Suajo, Minho) alguma parte do ano com regalia, inquietando-lhes mulheres e filhas, e tomando-lhes os cães, se queixaram a el-rei, que logo lhes mandou vendessem o que ali tinham, e não morassem mais nesta terra, nem nenhum outro fidalgo, ou poderoso em nenhum tempo tivesse nela bens, nem pudesse estar de assento mais que enquanto um pão quente arrefecesse no ar na ponta de uma lança; o que observam pontualmente.» Carvalho, Corographia, i, p. 260. Cf. medidas semelhantes em J. Grimm, Rechtsalterthumer, Einl. cap. iii.

3. A lenda do judeu errante na Espanha

3Mr. Gaston Paris no seu belo artigo Le Juif errant, na Encyclopédie des Sciences Religieuses, diz: «Nous répéterons en terminant que la légende d’Ahasvérus, qui a pris sa forme dans un milieu allemand et protestant, paraît tout-à-fait inconnue en Espagne, en Italie et dans l’Europe orientale.»

4O sign. A. d’Ancona publicou em Romania, 1881. Jan.-Abril, um artigo, que ainda não lemos, sobre o judeu errante em Itália no séc. xiii. A lenda é também popular na Espanha, onde o judeu errante é chamado Juan de Espera-en-Dios ; uma versão da lenda foi incluída por Fernan Caballero nas suas Relaciones. La Estrella de Vandalia, de onde a traduziu F. Wolf nos seus Beiträge zur spanischen Volkspoesie aus den Werken Fernan Caballero’s. Sitzungsberichte der K. K. Akad der Wissenschaften. Fil.-hist. Cl. XXXI Bd. S. 187 ff. Wien, 1859. Wolf cita uma comédia de Antonio de Huerta (séc. XVII), Las cinco blancas de Juan de Espera-en-Dios, em que há uma deturpação miserável da lenda. Sobre Juan de los Tiempos, que é diferente, e não como quer Wolf, idêntico a J. de E. en D. vid. F. Liebrecht, Zur Wolkskunde, pp. 107-108. Cremos que a lenda não é popular em Portugal, ou pelo menos é de introdução recente.

Notes

1 Originalmente publicado na Revista de Etnologia e Glotologia, 1880, vol. i, pp. 207-208.

© Etnográfica Press, 1993

Licence OpenEdition Books

Cette publication numérique est issue d’un traitement automatique par reconnaissance optique de caractères.

Acheter

Volume papier

amazon.fr
Rechercher dans OpenEdition Search

Vous allez être redirigé vers OpenEdition Search