Version classiqueVersion mobile

O Estado Novo e os seus vadios

 | 
Susana Pereira Bastos

Agradecimentos

Texte intégral

1O presente livro reproduz, no essencial, uma das duas pesquisas que integraram a dissertação de doutoramento por mim defendida na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa em Julho de 1994, ao longo da qual procuro ampliar e desenvolver um estudo de caso que realizei no âmbito do projecto de investigação «Do Desvio à Instituição Total: Subculturas, Estigmas, Trajectos», quando era ainda finalista da licenciatura em Antropologia. Desejo, por isso, agradecer em primeiro lugar aos Drs. Carlos Laranjo Medeiros e Mário Baptista Coelho o convite que me fizeram, em 1987, para participar no referido projecto bem como a orientação científica que então me forneceram e expressar, publicamente, o meu reconhecimento ao Dr. Laborinho Lúcio e à Dr.a Eliana Jersão, do Centro de Estudos Judiciários (Ministério da Justiça), pelo empenho com que garantiram o financiamento do mesmo projecto.

2Quero igualmente agradecer ao Professor Doutor Bracinha Vieira, o estímulo constante de opiniões e críticas com que orientou a pesquisa que realizei entre 1990 e 1993, ao Professor Doutor Fernando Rosas, a sua ajuda competente no aprofundamento de muitas temáticas ligadas com o Estado Novo, ao Professor Doutor José Carlos Gomes da Silva, os diálogos que travámos sobre hierarquia, marginalidade e poluição em vários contextos etnográficos e ao Professor Doutor José Gabriel Pereira Bastos a sua criatividade cúmplice na elaboração e discussão dos principais quadros epistemológicos que subjazem a esta pesquisa.

3Gostaria também de patentear a colaboração do Miguel, do Francisco, da Catarina e da Ana Catarina na recolha e codificação das cerca de 29000 fichas de entrada no albergue da Mitra e ao Samuel Janes e ao Jorge Correia as sugestões que me forneceram para a informatização dos seus conteúdos. Ao Centro de Apoio Social de Lisboa, ao Centro de Apoio Social do Pisão e ao Hospital Miguel Bombarda, agradeço também a colaboração prestada ao longo da minha estadia de terreno nestas instituições.

4Desejo ainda agradecer ao Professor Doutor Pais de Brito, o interesse que demonstrou pela investigação realizada e o seu empenho em publicá-la, bem como à Dr.a Ana Esquivei, os dramáticos testemunhos fotográficos que generosamente colocou à minha disposição.

5A todos aqueles entrevistados e sobretudo aos velhos vadios que me revelaram as suas vidas, à sua colaboração indispensável e gratuita, o meu mais comovido agradecimento.

6Por fim, ao Mário e à Maria Emília Salvaterra, agradeço o apoio incondicional e à Palmira Trovão, o prazer com que me ensinou a ouvir as memórias dos mais velhos.

© Etnográfica Press, 1997

Licence OpenEdition Books

Cette publication numérique est issue d’un traitement automatique par reconnaissance optique de caractères.
Rechercher dans OpenEdition Search

Vous allez être redirigé vers OpenEdition Search