Version classiqueVersion mobile

D. Pedro de Meneses e a construção da Casa de Vila Real (1415-1437)

 | 
Nuno Silva Campos

Nota introdutória

Texte intégral

1O presente estudo corresponde, com pequenas alterações, à dissertação apresentada no âmbito do curso de Mestrado em Estudos Históricos Europeus, da Universidade de Évora, no final de 2002, com o título «Redes sociais: D. Pedro de Meneses e a construção da Casa de Vila Real (1415-1437)».

2Se inicialmente ainda foi aventada a hipótese de efectuar reformulações profundas ao texto, com vista à sua publicação, a boa aceitação do trabalho levou a que prontamente tal possibilidade fosse afastada. Assim, fizeram-se apenas ligeiras modificações, de modo a esclarecer algumas observações, procurando uma maior fluidez e tentando aligeirar alguma eventual tendência perifrástica; e reorganizaram-se alguns capítulos, visando um melhor equilíbrio formal, sendo que para alguns deles foram atribuídos novos títulos.

3Também foi decidido manter toda a introdução, nomeadamente as partes que se prendem com as opções metodológicas e com o enquadramento historiográfico, pois constituem elementos indispensáveis para que melhor se percebam a abordagem e a perspectiva de análise que nortearam a investigação, confiando ainda, sem falsas modéstias, que poderão eventualmente contribuir para a elaboração de outros estudos com propósitos semelhantes, por parte de outros historiadores.

4É de toda a justiça referir que a elaboração deste trabalho dificilmente seria possível sem a participação de algumas pessoas e instituições a quem quero e devo agradecer publicamente.

5Em primeiro lugar, aos meus pais, por toda a ajuda e apoio prestados; à Tânia, que acompanhou interessadamente todo o projecto e cuja palavra de incentivo esteve sempre disponível; e à Ana e ao Jorge, que facilitaram, sempre que necessário, a minha estadia em Lisboa.

6À Fundação para a Ciência e a Tecnologia, pelo apoio financeiro prestado através da atribuição de uma bolsa, no ano de 2001.

7Não posso esquecer a disponibilidade de todo o conjunto de professores do curso de mestrado no âmbito do qual o estudo foi desenvolvido, um curso intenso e desgastante mas que deu azo a um conjunto de boas dissertações. Devo destacar o incentivo do Professor Doutor Hélder Adegar Fonseca para a inscrição neste curso. E reconheço que foram particularmente úteis os seminários da Professora Doutora Hermínia Vilar, cujos ensinamentos ao nível do conhecimento paleográfico se revelaram essenciais; e da Professora Doutora Mafalda Soares da Cunha, que me forneceu grande parte da metodologia utilizada na investigação.

8Ao CIDEHUS-Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora, e à sua directora, a Professora Doutora Mafalda Soares da Cunha, agradeço o apoio que possibilita a presente edição e publicação da dissertação.

9Devo, contudo, os maiores agradecimentos ao Professor Doutor Filipe Themudo Barata, verdadeiro orientador, que, sempre com o maior interesse, disponibilidade e contagiante boa disposição, me acompanhou ao longo deste trabalho, em todos os aspectos, apaixonante, e a quem se deve, em grande parte, a existência desta investigação.

10A todos, os meus agradecimentos.

© Publicações do Cidehus, 2004

Licence OpenEdition Books

Cette publication numérique est issue d’un traitement automatique par reconnaissance optique de caractères.

Acheter

Volume papier

amazon.fr
Rechercher dans OpenEdition Search

Vous allez être redirigé vers OpenEdition Search