Version classiqueVersion mobile

Bibliotecas Universitárias: diálogos transatlânticos

 | 
Luiza Baptista Melo
, 
Tatiana Sanches

Notas biográficas

Texte intégral

Editores

Luiza Baptista Melo

1Luiza Margarida Gehl da Fonseca Bastos Baptista tem licenciatura em Química pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (1986); pós-graduação em Ciências Documentais da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (1991), mestrado em Arquivos, Bibliotecas e Ciências da Informação da Universidade de Évora (2005) e doutoramento em Ciências da Informação e da Documentação da Universidade de Évora (2012). Desde 1988, exerceu funções de bibliotecária nas Universidade do Porto; Universidade Lusíada do Porto; Universidade Católica Portuguesa (delegação Norte). Em 1995, elaborou o projeto de criação do Centro de Documentação Europeia (CDE) da Universidade Lusíada do Porto, integrado na Rede de Informação da União Europeia sob coordenação da Comissão Europeia. Na atualidade, é bibliotecária na Universidade de Lisboa – Faculdade de Medicina Dentária.

2É investigadora nas áreas das Estatísticas, da Avaliação da Qualidade, do Desempenho e do Impacto das Bibliotecas, Acesso Aberto e Ciência Aberta, sendo autora de vários artigos e capítulos em publicações nacionais e internacionais. Foi formadora, coordenadora de cursos e participou nos órgãos executivos da Delegação Norte da BAD – Associação Portuguesa de Bibliotecários Arquivistas e Documentalistas. Foi bolseira de estudos avançados da Fundação para a Ciência e Tecnologia, referência SFRH/BD/36867/2007 (2008-2011). Desde 2012, é investigadora integrada do CIDEHUS.UE - Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora.

3Participou em comissões científicas de vários congressos internacionais.

4Recebeu a distinção, Louvor Cooperação – não docente 2013/2014 atribuído pela Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto.

Tatiana Sanches

5UIDEF, Instituto de Educação, Universidade de Lisboa; APPsyCI – Applied Psychology Research Center Capabilities & Inclusion, Lisboa, Portugal.

6Tatiana Sanches é Professora Auxiliar Convidada na Universidade Aberta, no Mestrado em Gestão da Informação e Bibliotecas Escolares, Bibliotecária e Investigadora. Licenciada em Letras, pós-graduada em Ciências Documentais, Mestre em Educação e Leitura, Doutora em Educação e Pós-Doutora em Ciência da Informação, tem ainda uma especialização em Pedagogia do Ensino Superior. Começou a trabalhar em bibliotecas em 1993, primeiro na área das bibliotecas públicas e desde 2007 nas bibliotecas universitárias. Atualmente é Coordenadora na área de Documentação na Faculdade de Psicologia (FP-UL) e no Instituto de Educação (IE-UL) da Universidade de Lisboa. Membro do Grupo de Trabalho das Bibliotecas de Ensino Superior e Vogal da Formação na atual Direção da BAD (Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas, Profissionais da Informação e Documentação), eleita para o triénio 2020-2023. Em 2013, ganhou o «Prémio Raul Proença», instituído pela BAD em parceria com a DGLAB, com o trabalho «O contributo da literacia da informação para a pedagogia universitária: um desafio para as bibliotecas académicas». Dedica-se ainda à formação e investigação (UIDEF, IE e APPsy-CI, ISPA), sendo autora e coautora de diversas publicações editadas a nível nacional e internacional, especialmente em temas como a literacia de informação, bibliotecas universitárias, gestão de bibliotecas, escrita académica e ensino superior, sendo autora e coautora de diversos livros, capítulo e artigos, no panorama nacional e internacional.

Colaboradores

Cláudio França

7Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Espírito Santo, Mestre em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. Atua como Bibliotecário-documentalista na Universidade Federal do Espírito Santo.

8Áreas interesse de pesquisa: comunicação científica, avaliação da produção científica, indicadores e métricas de produtividade científica, competência informacional e internacionalização da produção científica.

9Lattes ID: http://lattes.cnpq.br/​9656983088482646

Deise Lourenço de Jesus

10Deise, brasileira, nascida em 1988. Formada em Biblioteconomia pela Universidade de Brasília em 2009, posteriormente, em 2018, se tornou mestre em Ciência da Informação pela mesma Universidade e mestre em Gestão da Informação e Bibliotecas Universitárias pela Universidade Aberta de Portugal. Atualmente, trabalha como bibliotecária no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília e cursa Doutorado em Ciência da Informação. Entusiasta de temas relacionados ao futuro das bibliotecas e as novas tecnologias que podem alterar a conceção da biblioteca tradicional.

Iolanda Pereira da Silva

11Maria Iolanda Pereira da Silva licenciada em História (1981), pós-graduada em Ciências Documentais, variante Biblioteca e Documentação (1986) pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, pós graduada em Direito Regional (2000/01) pela Universidade da Madeira, Possui o «Diploma de Estudos Avançados», integrado no curso de 3º ciclo «Documentação: fundamentos e tecnologias» (2004) e doutorada em Ciências de Informação pela Universidade Complutense de Madrid, Facultad Ciencias de la Información, em parceria com a Universidade Lusófona de Lisboa (2008). Orientou, técnica e cientificamente, 17 cursos designados «Curso de Preparação de Técnicos Adjuntos de Biblioteca e Documentação» na Região Autónoma da Madeira e uma pós-graduação em Ciências Documentais, variante Biblioteca, na Universidade da Madeira. Publicou diversas obras sobre a Madeira e artigos em Ciências Documentais. É técnica superior deste 1981, e a partir de 1991 até a presente data é a responsável da Biblioteca da Universidade da Madeira (equiparada ao cargo de direção intermédia de 2º grau).

Jorge Revez

12Jorge Revez é Professor Auxiliar da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL). É docente do Mestrado em Ciências da Documentação e Informação (FLUL) desde 2007. Doutorado em Ciência da Informação (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra), Mestre em História Contemporânea (FLUL), Curso de Especialização em Ciências Documentais, Biblioteca e Documentação (FLUL) e Licenciado em História (FLUL). É investigador do Centro de Estudos Clássicos da Universidade de Lisboa. Os seus interesses de investigação são a organização da informação, as bibliotecas especializadas e do ensino superior, a investigação científica e o comportamento informacional. É membro da International Society for Knowledge Organization (ISKO) e da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (SOPCOM). É membro da BAD - Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas, Profissionais da Informação e Documentação e pertence aos seus Órgãos Sociais desde 2017. Trabalhou como bibliotecário em bibliotecas do ensino superior e em bibliotecas especializadas entre 2003 e 2017. Foi Analista de Informação Criminal entre 2018 e 2020.

Murilo Bastos da Cunha

13Administração de Bibliotecas pela Universidade Federal de Minas Gerais (1978), doutor (PhD) em Library Science pela University of Michigan (EUA, 1982). Professor titular aposentado e pesquisador sênior do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da Universidade de Brasília, líder do Grupo de Pesquisa sobre Biblioteca digital. Foi presidente da Associação dos Bibliotecários do Distrito Federal e do Conselho Federal de Biblioteconomia. Na Universidade de Brasília ocupou os cargos de diretor da Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, chefe do Departamento de Ciência da Informação e Documentação e Diretor da Biblioteca Central (em dois períodos). Publicou os livros: Uso de informações científicas e técnicas no Brasil, com Victor Rosenberg (1983); Bases de dados e bibliotecas brasileiras (1984); Documentação de hoje e de amanhã, com Jaime Robredo (1986 e 1994); Para saber mais: fontes de informação em ciência e tecnologia (2a. ed., 2016); Dicionário de biblioteconomia e arquivologia (2008), com Cordélia R. O. Cavalcanti; Manual de fontes de informação (2. ed. 2020); Manual de estudo de usuários da informação (2015), com Sueli Amaral e Edmundo Dantas. Atua na pesquisa e docência nas áreas de informação científica e tecnológica, biblioteca digital, estudo de usuários e biblioteca universitária. Editor da Revista Ibero-americana de Ciência da Informação, editor do blog Biblioteca do Bibliotecário [ https://www.facebook.com/​bibliotecadobibliotecario/​].

Nanci Oddone

14Professora Associada nível 4 da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), onde leciona disciplinas de Metodologia da Pesquisa e Comunicação Científica. Coordena o projeto de pesquisa «A ciência e o livro eletrônico: reinventando a comunicação científica (2019-2022)», no âmbito do qual orienta estudantes de graduação e pós-graduação. Em parceria desenvolve projeto interinstitucional de colaboração científica e tecnológica voltado à construção da plataforma BRAPCI. Entre agosto de 2008 e julho de 2009 foi professora visitante na Escola de Direito da Universidade de Kent, Canterbury, Reino Unido, onde conduziu estudos interdisciplinares sobre o regime internacional de direito autoral e suas implicações econômicas, políticas e ideológicas. Foi Bolsista PQ2 do CNPq na área de Ciência da Informação entre 2010 e 2016. Em 2010, integrou a Comissão da Avaliação Trienal da Capes (2007-2009), que analisou e qualificou o desempenho dos programas de pós-graduação brasileiros na área de Comunicação e Informação. Entre 2011 e 2013 participou do Conselho Interdisciplinar de Pesquisa e Editoração (CIPE) da Fundação Biblioteca Nacional do Brasil. Em 2014, integrou a Comissão de Avaliação do Prêmio Capes de Teses em Ciências Sociais e Aplicadas. É membro do Capítulo Brasil da ASIS&T Association for Information Science & Technology e do Capítulo Brasil da ISKO International Society for Knowledge Organization. Neste último foi membro do Conselho Fiscal entre 2009 e 2013. Integra o Conselho Consultivo dos periódicos Informação & Informação, Ponto de Acesso e Perspectivas em Ciência da Informação. Contribui como parecerista regular de periódicos acadêmicos nacionais e internacionais e de agências de fomento à pesquisa.

Prefaciadora

Maria Imaculada Cardoso Sampaio

15Doutora em Psicologia pelo Instituto de Psicologia (IP) da Universidade de São Paulo (USP/2013). Possui mestrado em Ciência da Informação pela Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP (2005) e graduação em Biblioteconomia na ECA/USP (1989). Especialista em Sistemas Automatizados de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCCAMP/1999).

16Professora de Metodologia da Pesquisa Científica na Universidade Santo Amaro na graduação, pós-graduação e residência multiprofissional (2016-2019). Implantou e coordenou o MBA Gestão e Uso da Informação em Saúde (2016-2019). Professora de Pós-graduação da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP/2004-2016).)

17Diretora da Biblioteca do Instituto do IPUSP, de 1999 a 2015, tendo atuado como bibliotecária chefe na mesma instituição, desde 1990. Desenvolveu o projeto para a construção da Biblioteca Virtual em Saúde – Psicologia (BVS-Psi), a qual coordenou de 1999 a 2017. Destaque para o Portal de Revistas em Psicologia (PePSIC), projeto de relevância inestimável no âmbito da BVS-Psi.

18Participou da Diretoria da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições (FeBAB), nos anos de 2013 a 2016. Membro fundadora da Associação Brasileira de Editores Científicos de Psicologia (ABECiPsi).

19Menção honrosa pela contribuição à construção da Biblioteca Virtual em Psicologia para a América Latina e Caribe pelo Colégio de Psicólogos do Peru (2011). Professora Honorária da Universidade Autônoma do Perú (2011). Menção honrosa em Reconhecimento ao Compromisso com a Formação e Atualização do Psicólogo Brasileiro pelo Fórum das Entidades Nacionais da Psicologia Brasileira (2006). Diploma de Reconhecimento do Programa Permanente de Qualidade e Produtividade da USP (2006). Homenagem Científica no IV Congresso de Biblioteconomia do Rio de Janeiro (2005).

20Pesquisadora em Metodologia da Pesquisa Científica, Qualidade em Serviços de Informação, Bibliotecas Virtuais, Psicologia Baseada em Evidências e Revisões da Literatura. Atualmente é consultora Científica na área de Psicologia.

© Publicações do Cidehus, 2021

Licence OpenEdition Books

Acheter

Rechercher dans OpenEdition Search

Vous allez être redirigé vers OpenEdition Search