Version classiqueVersion mobile
OpenEdition Books

Etnografias Urbanas

 | 
Graça Índias Cordeiro
, 
Luís Vicente Baptista
, 
António Firmino da Costa

Apresentação

Graça Índias Cordeiro, Luís Vicente Baptista et António Firmino da Costa

Texte intégral

1É relativamente recente em Portugal o debate sobre as cidades e os mundos urbanos no âmbito das ciências sociais. Tal facto deve-se, antes de mais, à exiguidade do desenvolvimento urbano português e às condições políticas que vigoraram até 1974, que impediram o desabrochar de formas sistemáticas de pensamento crítico acerca da sociedade em que vivemos. Nos últimos vinte anos, contudo, tem-se desenvolvido um conhecimento sobre estes temas, assente em investigações que, nos campos disciplinares da Antropologia e da Sociologia, mas também da História, da Geografia, da Economia, têm contribuído para o desenvolvimento dos estudos urbanos em Portugal.

2O livro que agora se publica reúne um conjunto de reflexões e investigações em curso que têm em comum o facto de se realizarem nas duas maiores cidades portuguesas, ao mesmo tempo que adoptam, em graus variados, uma perspectiva etnográfica. Os capítulos que se seguem, na diversidade disciplinar e temática que os caracteriza, contêm, pois, uma perspectiva comum que os aproxima da antropologia urbana.

  • 1 Organizado pelo CIES/ISCTE, com financiamento da FCT/Programa FACC, com o apoio do Programa Operac (...)

3Uma primeira apresentação destes textos foi feita no workshop que, em Setembro de 2001, reuniu cerca de vinte investigadores de várias “gerações”, entre antropólogos, sociólogos e psicólogos, em torno do tema Cidade e Diversidade: Perspectivas de Desenvolvimento em Antropologia Urbana.1 De forma a dar coerência a esse diálogo, em vários planos, distribuíram-se as sessões de trabalho desse workshop por dois tempos diferentes. Num primeiro momento, foram apresentadas 14 comunicações, agrupadas em três painéis temáticos — Poderes e Mediação, Estilos de Sociabilidade, Imagens e Contra-Imagens. Num segundo momento, realizou-se uma mesa-redonda animada pelos organizadores (Graça I. Cordeiro, Luís V. Baptista, António F. Costa) e pelos convidados (Gilberto Velho, Joan J. Pujadas, Joaquim Pais de Brito, Luís Fernandes e Fernando Luís Machado) com o objectivo de fazer um balanço provisório sobre o desenvolvimento da antropologia urbana, no contexto mais abrangente dos países de língua latina.

4Deste trabalho conjunto surge um primeiro resultado: um livro de síntese de um tempo de reflexão que queremos partilhar com o público interessado nestas questões. O título é bem revelador de uma área de confluência forte — a etnografia urbana — que permitiu uma discussão aberta, em registo saboroso, ainda que rigoroso, por parte de todos os participantes que insistiram, de modos diferentes, na relevância desta perspectiva para o desenvolvimento dos estudos urbanos.

5Seguindo o essencial da estrutura do encontro, organizámos esta publicação em duas partes, uma apresentada por Luís V. Baptista (I Parte), outra por António F. Costa (II Parte), que são precedidas por um primeiro capítulo — A Antropologia Urbana, entre a tradição e a prática — onde Graça I. Cordeiro expõe sinteticamente alguns dos temas e dos problemas que têm acompanhado o percurso da antropologia urbana. Em jeito de reequacionamento do diálogo iniciado, Gilberto Velho e Joan Pujadas lançam pistas a que importa dar continuidade em momentos futuros.

6O seu desafio conduz-nos a um outro patamar de trabalho e de discussão. Fazendo recurso das boas experiências internacionais, e sobretudo das que mais têm a ver com a nossa realidade, cremos ser possível lançar espaços abertos de reflexão que, de um modo dinâmico, façam a ponte entre o ensino e a investigação plurinacional e pluridisciplinar em torno das cidades. Nada de mais tentador.

7Lisboa, Dezembro de 2002

Notes

1 Organizado pelo CIES/ISCTE, com financiamento da FCT/Programa FACC, com o apoio do Programa Operacional Ciência, Tecnologia, Inovação do Quadro Comunitário de Apoio III.

Auteurs

Antropóloga; Departamento de Antropologia do ISCTE; Centro de Estudos de Antropologia Social (CEAS/ISCTE).

Sociólogo; Departamento de Sociologia da FCSH/UNL; Fórum Sociológico — Centro de Estudos (FS-CE/UNL).

Sociólogo; Departamento de Sociologia do ISCTE; Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES/ISCTE).

© Etnográfica Press, 2003

Conditions d’utilisation : http://www.openedition.org/6540